Carta aberta à Edvaldo Lima

Vereador, acho que ninguém falou, então eu vou falar. 

Vejo sempre suas pautas, que considero quase sempre ridículas e também de um inutilidade gigantesca, como moções de repúdio à novelas da TV aberta e outras bobagens, lembro-me também dos seus absurdos pedidos de mudança no nosso respeitável “Plano Municipal de Cultura”, onde o edil pediu que fosse retirado o termo Gênero, de todo o…

Continue lendo